Testosterona – usos e abusos

A testosterona realiza o desenvolvimento e a manutenção das características masculinas normais, sendo também importante para a função sexual normal e o desempenho sexual. Em média, o organismo de um homem adulto produz cerca de vinte a trinta vezes mais testosterona que o organismo de uma mulher adulta, tendo assim um papel determinante na diferenciação dos sexos em nossa espécie.

Sabe-se que pode acontecer redução importante da testosterona em situações como obesidade grau III, infecção pelo HIV, estresse psicológico, doenças debilitantes ou como efeito colateral de medicamentos como os corticosteróides, por exemplo. Por outro lado, normalmente  a produção de testosterona começa a diminuir no sexo masculino a partir dos 30 anos. Na faixa dos 40 aos 70 anos, a diminuição é de 0,8% por ano.

Níveis baixos de testosterona podem piorar a qualidade de vida. A reposição de testosterona pode ser feita com injeções intramusculares, subcutâneas, adesivos ou com gel de testosterona. Adesivos transdérmicos são mais práticos de usar, porém mais dispendiosos do que as formas injetáveis.  Entretanto, essa reposição deve ser feita sob orientação médica pois existem evidências que seu uso não é isento de perigos. Antecedentes  de câncer de próstata ou mama são contraindicações formais para a reposição de testosterona.

Adicionalmente, um recente estudo científico publicado na revista JAMA, Nov 06, 2013 relatou que o uso de testosterona em homens foi associado com um risco aumentado de morte, infarto do miocárdio ou AVC isquêmico. Foram avaliados 8709 homens. O risco aumentado, estimado em 30% maior em homens tratados com testosterona do que naqueles que não receberam esse hormônio foi observado num grupo de pacientes com múltiplas doenças que estavam indo realizar angiografia coronária. O Dr. Michael Ho, principal pesquisador, comentou, o que “haviam encontrado uma associação, mas não podiam afirmar uma relação causal, devido ao tipo de estudo (observacional) que haviam realizado.”  Contudo, continuou o pesquisador, “nossa pesquisa sugere que a terapia com testosterona pode estar associada com aumento do risco de complicações cardiovasculares.  Para os pacientes que estão iniciando essa terapia ou estejam atualmente em uso, pode ser necessário uma discussão com seus médicos pesando os potenciais benefícios versus os riscos possíveis.”

A Dra. Anne Cappola, da Universidade da Pensilvânia, informou que nos Estados Unidos, cerca de 3% dos homens acima dos 40 anos usam a testosterona.  Muitos utilizam por níveis baixos da testosterona, mas outros por discutíveis objetivos “antienvelhecimento” ou “reforço físico”.     Na verdade, não se sabe, nesses indivíduos, se os eventuais benefícios podem superar os possíveis riscos. Os mecanismos para esse risco aumentado ainda estão no terreno das especulações.

Na verdade, essa é uma questão não bem determinada pela ciência ainda.  Fica um alerta para os possíveis riscos, que podem ser significativos. Cuidado com o marketing agressivo das companhias que manufaturam esse hormônio.  A recomendação, como sempre, é conversar com seu médico de confiança e agir com prudência.

Sparvoli.

Sobre Antonio Sparvoli

Médico. Gastroenterologista. Mestrado e Doutorado. Professor Titular da Fundação Universidade Federal de Rio Grande.
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , , , , , , , , . ligação permanente.

2 respostas a Testosterona – usos e abusos

  1. Deivisson diz:

    Quantas doses de testosterona eu posso tomar durante um mes?

    • Caro amigo
      Qualquer dose de medicamento deve ser individualizada. Somente seu médico de confiança poderá lhe orientar a dose necessário desse medicamento, que conforme se vê tem riscos significativos. Saudações. Sparvoli

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s