Analgésicos e perda auditiva?

Tão comum e sedutor como o canto dos pássaros, a automedicação é um hábito muito arraigado entre os brasileiros.  Esse hábito, tão frequente quanto perigoso, não leva em consideração a complexidade da relação do ser humano com os medicamentos. Não se preocupa com o correto diagnóstico, nem com as indicações ou as contraindicações dos remédios. A aparente falta de consequências e o fácil acesso a quase todos medicamentos desconhece os perigos que existem por trás desse costume nacional.

Nesse sentido, um interessante estudo científico da Escola de Medicina de Harvard, publicado no American Journal of Epidemiology nos revela mais um alerta: o uso frequente do Ibuprofeno ou do paracetamol (acetaminofen)  pode ser um importante fator de risco para a perda auditiva (surdez).  Nesse estudo, mulheres que usavam esses analgésicos, no mínimo duas vezes por semana, mais provavelmente teriam perda auditiva. Um uso ainda mais frequente aumentaria o risco até 24%!  Esses resultados são similares a um estudo com homens e perda auditiva, com a inclusão da aspirina, que também contribuiria para o risco.

Os pesquisadores especulam que os analgésicos podem lesar a cóclea, a pequena estrutura situada no seu ouvido interno, relacionada com audição. ” O ibuprofeno pode reduzir o fluxo de sangue para a cóclea, lesando-a. O paracetamol pode depletar o antioxidante glutationa, o qual protege a cóclea de lesão,” afirmou o autor do estudo, Dr. Curhan, instrutor de medicina em Harvard.

Concluindo, o Dr. Curhan comentou: “esses remédios dão um bom alívio para a dor. Contudo, seu uso frequente e por longos períodos pode aumentar o risco de perdas auditivas, além de, eventualmente, ocasionar outros efeitos adversos para a sua saúde. Portanto, é importante utilizá-los conscientemente e limitar o seu uso tanto quanto possível.”

Como sempre, converse com seu médico antes de fazer qualquer mudança nas suas medicações em uso.  Use medicamentos com a seriedade e a responsabilidade que sua saúde merece! Ouviu Bem?

Sparvoli

 

Sobre Antonio Sparvoli

Médico. Gastroenterologista. Mestrado e Doutorado. Professor Titular da Fundação Universidade Federal de Rio Grande.
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s