Febre Amarela

Febre amarela é uma doença infecciosa causada por um tipo de vírus chamado flavivírus, cujo reservatório natural são os primatas não-humanos que habitam as florestas tropicais. Ela  não se transmite diretamente de uma pessoa para outra.

Existem dois tipos de febre amarela: a silvestre, transmitida pela picada do mosquito Haemagogus , e a urbana transmitida pela picada do Aedes aegypti, o mesmo que transmite a dengue e que foi reintroduzido no Brasil na década de 1970. Embora os vetores sejam diferentes, o vírus e a evolução da doença são absolutamente iguais.

No Brasil de 1980 a 2004, foram confirmados 662 casos de febre amarela silvestre, com ocorrência de 339 óbitos.

O Aedes aegypti transmite o vírus da febre amarela de 9 a 12 dias após ter picado uma pessoa infectada. A fêmea do mosquito põe seus ovos em qualquer local que contenha água limpa, como caixas d’água, cisternas, latas, pneus, cacos de vidro, vasos de plantas e outros. As bromélias, ao acumularem água na parte central, são um dos principais criadouros nas cidades. Os ovos ficam aderidos e sobrevivem mesmo que o recipiente seque. A substituição da água, mesmo sendo feita com frequência, não é eficiente. A partir dos ovos surgem as larvas, que depois de algum tempo na água, vão formar novos mosquitos adultos.

O Aedes aegypti e o Aedes albopictus transmitem também a dengue. Ambos picam durante o dia, ao contrário do mosquito comum, que age a noite.

Se existe a possibilidade de febre amarela, existe para malária e também para a dengue.  Como os sintomas da febre amarela são  parecidos com os da dengue e os da malária, o diagnóstico preciso é fundamental e precisa ser confirmado por exames laboratoriais específicos.

Os sintomas iniciais são inespecíficos como febre, cansaço, mal-estar e dores de cabeça e musculares (principalmente no abdômen e na lombar). A febre amarela clássica caracteriza-se pela ocorrência de febre moderadamente elevada, náuseas, queda no frequência cardíaca, prostração e vômito com sangue. As vezes aparece diarreia.  Em 15% dos infectados, podem surgir sintomas mais graves, como novamente febre alta, diarreia fétida, convulsões e delírio, hemorragias internas e coagulação intravascular disseminada, com lesões e enfartes em vários órgãos. As hemorragias manifestam-se como sangramento do nariz e gengivas e equimoses  (manchas azuis de sangue coagulado na pele). Frequentemente aparece hepatite e por vezes choque mortal. Pode ter hepatite grave, provocando aumento das bilirrubinas sanguíneas e consequente surgimento de icterícia(cor amarelada da pele e mucosas, visível particularmente na conjunctiva do olho).  Podem ter hemorragias gastrointestinais com eliminação de fezes negras (melena) e vômito com sangue (hematêmese). A insuficiência renal e a insuficiência hepática são complicações graves que também podem acontecer.  Uma vez recuperado, o paciente não apresenta seqüelas.

A febre amarela é tratada sintomaticamente, ou seja, não existe um tratamente específico. São administrados líquidos e transfusões de sangue. Analgésico é usado para a dor e antitérmico, que não contenha ácido acetilsalicílico, para a febre. Não existem antivirais eficientes.  Devem ser evitados os anti-inflamatórios não-esteroides.

A prevenção da febre amarela se dá pelo combate aos mosquitos e por vacinação. Nas áreas de risco, a vacinação deve ser feita a partir dos seis meses de vida, enquanto nas outras áreas pode ser a partir dos nove meses. Quando vai viajar para áreas de risco, a vacina deve ser empregada 10 dias antes da viagem. Tem validade por 10 anos e 95% de eficácia. Não se deve tomá-la novamente enquanto a validade permanecer.

Saúde.

Sparvoli

Sobre Antonio Sparvoli

Médico. Gastroenterologista. Mestrado e Doutorado. Professor Titular da Fundação Universidade Federal de Rio Grande.
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , , , . ligação permanente.

2 respostas a Febre Amarela

  1. Ivone Delgado diz:

    Se eu me vacinar para a febre amarela , nao terei problemas com a dengue ? fico protegida ?Aguardo seu retorno. Tava sentindo falta,nao andava mais mandando nada . Obrigada , Dr.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s