Cervicalgia – cuidando a postura

Em torno de 12% das mulheres e 9% dos homens desenvolverão cervicalgia crônica; o manejo destes pacientes é desafiador.Situações emocionais e interesse em afastamento para tratamento de saúde e/ou aposentadoria por invalidez podem interferir na evolução do quadro.   Doenças como ansiedade e depressão podem dificultar o manejo e a evolução das situações que levam à cervicalgia crônica.

Uma das causas mais comuns de dor cervical é postura errada, chamada cervicalgia postural. A regra básica é simples: mantenha o pescoço em posição neutra. Dito de outro modo: não curve o pescoço para frente e nem para trás por períodos muito longos. Também tente não ficar sentado em uma mesma posição por muito tempo, se for necessário, certifique-se de que a postura está adequada: cabeça em posição neutra, costas com apoio, joelhos ligeiramente abaixo do quadril e com os braços apoiados.

Cuidado ao ler na cama: causa tensão cervical, principalmente se estiver sem apoio, flexionando a cabeça e tentando manter os braços pra frente para segurar o livro. Se você lê na cama, pense em comprar um produto específico para esta finalidade como um travesseiro triangular ou uma mini-mesa portátil. Lembre-se:  não fique na mesma posição por longo tempo – mexa-se!

A posição de dormir é outro momento que pode gerar  problemas cervicais. Não permita que seu travesseiro fique muito alto ou muito baixo,  forçando-lhe a dormir com o pescoço em um ângulo.  Invista  em um novo travesseiro que deixe a cabeça alinhada com a coluna e esta, paralela à cama. Deve-se certificar que o espaço entre a parte de trás do pescoço e a cama esteja preenchido por um travesseiro de maneira que o pescoço fique relaxado em posição neutra.  Não durma de bruços, esta posição coloca grande pressão sobre o pescoço.  Não use muitos travesseiros.  Os travesseiros não duram para sempre e depois de alguns anos,  tendem a diminuir e  devem ser substituídos. Adicionalmente, uma cama que não tenha suporte adequado para as costas também pode ser uma fonte de dor cervical.

Tenha uma boa postura e mexa-se! Salve sua  coluna!

Sparvoli

Sobre Antonio Sparvoli

Médico. Gastroenterologista. Mestrado e Doutorado. Professor Titular da Fundação Universidade Federal de Rio Grande.
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s