Doença do Refluxo Gastro-Esofágico (2)

Quais os sintomas de quem tem a Doença do Refluxo Gastro-Esofágico (DRGE)?  Os sintomas são divididos em dois grandes grupos:

1)Típicos:

  • azia (pirose): desconforto ou dor em queimação, percebido na parte anterior do tórax, que pode se irradiar para a garganta.
  • regurgitação: processo passivo, espontâneo ou desencadeado por esforços, em que há retorno de parte do conteúdo gástrico (habitualmente resíduos alimentares) para o esôfago.

2) Atípicos:

  • esofagianas: disfagia (“engole e tranca o alimento ou custa muito a descer”); dor torácica não-cardíaca (diferenciar da dor da angina); “globus” (sensação de “bola que sobe e desce”).
  • orais: halitose (“mau hálito”); erosão dentária.
  • pulmonares: asma; bronquite, pneumonias de repetição. tosse crônica.
  • otorrinolaringológicas: câncer de laringe (muitas vezes associado com  o uso de cigarros e álcool); disfonia (“rouquidão”); laringite crônica, otite média, sinusite crônica, pigarro.

Devemos prestar atenção em queixas que podem ser particularmente preocupantes, são os chamados “sinais de alarme”:

  • emagrecimento, sem causa aparente (não fez dieta, por exemplo).
  • Sangramento ou anemia.
  • sono prejudicado pela queixa.
  • dor torácica ao exercício.
  • história familiar de câncer do aparelho digestivo.
  • Qualquer alteração ao exame físico da pessoa.

Todos esses sinais de alarme devem ser “respeitados” e investigados com cuidado.  A investigação torna-se ainda mais importante se o paciente tiver mais do que 40 anos, sintomas duradouros ou frequentes.   Os exames mais importantes para investigar uma DRGE são: endoscopia digestiva alta e pHmetria esofagiana de 24 horas e manometria de esôfago.  Eventualmente, pode ser necessário realizar um Rx contrastado de esôfago, estômago e duodeno. A cintilografia esofagiana é raramente utilizada, podendo ser útil para a investigação em crianças.

Se tiver azia, preste atenção nos seus sintomas. Converse com seu médico de confiança que ele lhe orientará!

Sparvoli

Sobre Antonio Sparvoli

Médico. Gastroenterologista. Mestrado e Doutorado. Professor Titular da Fundação Universidade Federal de Rio Grande.
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s