Câncer do intestino – prevenção (2)

O risco para o câncer do intestino grosso pode ser considerado moderado, alto ou muito alto.  O risco moderado corresponde às pessoas de ambos os sexos, acima dos 50 anos de idade.  Nesse grupo, o risco de desenvolver ao longo da vida essa doença é de 4 a 6% entre os homens e de 2,5 a 4% entre as mulheres.

No grupo com alto risco estão as pessoas com algum familiar de primeiro grau que tem um câncer de intestino grosso antes dos 45 anos.

No grupo com risco muito alto estão as pessoas que pertencem a famílias com história de cânceres de transmissão hereditária.

Além dos grupos de risco, deve-se sempre lembrar que hábitos do dia-a-dia estão diretamente relacionados ao risco de desenvolver câncer.  A alimentação é um importante fator.  Foi observado que o alto consumo de fibras, frutas e vegetais, assim como de cálcio, vitamina D, ácido fólico, alguns antioxidantes e minerais apresentam um caráter protetor para tumores intestinais.  Ao contrário dietas ricas em gorduras e calorias aumentam o risco. Também alto consumo de álcool (“olha ele aí gente, de novo”), tabagismo, obesidade e sedentarismo são culpados de um risco maior de câncer.  Em resumo: largue as frituras, não beba, não fume, emagreça, mergulhe nas frutas e legumes e vá caminhar!

Sparvoli

Sobre Antonio Sparvoli

Médico. Gastroenterologista. Mestrado e Doutorado. Professor Titular da Fundação Universidade Federal de Rio Grande.
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s